A riqueza desta Arte Marcial relativamente aos seus movimentos, foi estudada pelos Grandes Mestres e Associações Tailandesas que os unificaram os classificaram nas seguintes técnicas, cujos nomes correspondem a ações quotidianas na antiguidade, da mitologia, religião, natureza e mesmo atos da guerra refletidos no Ramakien

Uma combinação de táticas e força física

A caraterística única do Muay Thai que o faz uma das artes marciais mais refinadas são o uso dos membros para defender e atacar, no lugar de escudos e armas.

O Muay Thai não depende puramente de força e poder, também depende consideravelmente de técnicas, táticas e estratégias. Os pugilistas precisam de saber os pontos fortes e os pontos fracos do corpo para conseguir derrotar os oponentes. Há muitas táticas para mandar golpes, permitindo ao agressor atacar a partir de muitos ângulos com força e rapidez, mantendo o seu oponente fora de equilíbrio.

O treino de Muay Thai compreende três passos:

  • Passo básico: Aprender a defender, antes de atacar outros, isto é Pong, Pat, Pid, Perd (guarda, bloquear, afastar e abrir defesa).
  • Passo intermédio: Como lutadores no ringue, os pugilistas devem aprender a aproximar e contra-atacar, isto é, Thum, Thub, Jub, Hak (bater, pressionar, agarrar e separar).
  • Passo avançado: Para se tornar num guerreiro ou num instrutor em caso de guerra, e servir como emissário, escuteiro, líder de esquadrão ou comandante-chefe. Isto inclui a arte de matar, que não é commumente ensinada. Este passo compreende aproximação furtiva, surpresa, imobilização e golpe de morte (partir o pescoço).
01
Técnicas de punho
MAHD
02
Técnicas de cotovelo
sawk
03
Técnicas de joelho
khao
04
Técnicas de patada
tip
05
Técnicas de pontapé
dthe
03
Técnicas de joelho
khao
error: O conteúdo encontra-se protegido por direito autorais !!
Add to cart